• Investidor Sem Grife

Agente Autônomo de Investimentos: Tudo que você precisa saber sobre a profissão


O que Faz um Agente Autônomo de Investimentos

Primeiramente, é importante explicar o papel de um agente autônomo de investimentos ou AAI (sigla).


O Agente autônomo de investimentos seja por meio da pessoa física ou jurídica, basicamente faz a intermediação de valores mobiliários entre o cliente e a corretora de valores levando em conta a responsabilidade de um integrante do mercado imobiliário.


Dessa forma, a principal atribuição de um Agente autônomo de investimentos além de fazer essa intermediação já citada, é assessorar os investidores, auxiliando-os em questões operacionais


Por exemplo: dúvidas de como comprar um produto financeiro


E também em questões técnicas


Por exemplo: como funciona o pagamento de imposto de determinado produto financeiro.


Lembrando sempre, que o assessor de investimentos ou agente autônomo de investimentos não é autorizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a dar recomendações de compra de ativos. Essa decisão deve ser sempre tomada sempre pelo cliente por ideia própria ou auxiliado pelos agentes de mercado que estejam autorizados a indicar produtos financeiros.



Agentes autônomos de investimentos conversando.

Como ser um Agente Autônomo de Investimento?

A profissão de Agente Autônomo de Investimento é regulada pela CVM, sendo assim, é preciso mostrar capacidade técnica para exercer a profissão por meio de uma prova que é concebida pela Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (ANCORD).


Ao passar na prova e fazer seu cadastro junto aos orgãos reguladores, a pessoa física ou jurídica, passa a ter uma responsabilidade de pagar a chamada taxa de fiscalização trimestralmente, para continuar exercendo a profissão.


Outro ponto importante da certificação é que não é necessário possuir diploma de ensino superior para exercer a profissão de agente autônomo.


A Corretora é Chefe dos Agentes Autônomos?

Não, o vinculo entre uma corretora e um Agente autônomo de investimentos não costuma ser empregatício, afinal, ele é um Agente Autônomo.


Como ser um Agente Autonomo Bem Sucedido

A profissão de agente autônomo é uma profissão muito comercial, isso porque além do conhecimento técnico que é tido como básico, os profissionais autônomos são responsáveis pela captação de recursos para a corretora na qual ele está veiculado. Dessa forma, um networking (rede contatos) extensa e principalmente uma rede de contatos com certa quantidade


Dicas Ser Bem sucedido como Agentes Autônomos

Primeiramente, você que ser agente autônomo de investimentos precisa ter uma boa rede de contatos como foi dito anteriormente nesse texto. Dessa forma, vou listar algumas dicas para que você consiga ser bem sucedido na área.


  1. Dê palestras. Faça e tudo para te divulgar, palestras gratuitas em escolas, clubes de investimentos, universidades. Isso é muito importante para que as pessoas conheçam seu trabalho e te valorizem como o profissional correto para "cuidar do seu dinheiro".

  2. Invista nas suas redes sociais. Assim como diversas pessoas têm a rede social com o objetivo de conseguir vender cursos, por exemplo, você também pode mostrar seu conhecimento técnico para vender seus serviços e captar mais clientes

  3. Pense sempre a longo prazo, por isso é muito necessário fazer essas palestras. Pode não ter retorno imediato, mas no longo prazo você passa a ser reconhecido, a receber ligações nas quais nem esperava.

  4. Lembre-se, é uma profissão do ramo comercial, dessa forma você precisa ser bom com o público, bom de oratória e principalmente saber "vender seu peixe". O seu cliente tem que ter certeza que você entende do ramo.

  5. Seja uma pessoa interessada e vá atrás de conteúdo que seus concorrentes não tem, sempre estude muito sobre todos os produtos financeiros. Passar na prova da ANCORD é apenas o básico, o inicial para você entrar em um mundo repleto de informações. Quanto mais você for interessado, mais você ler, te garanto que você vai se diferenciar.

  6. Por último, mas não menos importante, entenda todas as necessidades de um cliente e o trate da melhor maneira possível, afinal, um cliente sempre tem uma família e outros amigos. Em resumo, um cliente bem atendido sempre te leva a outros bons clientes.


Conclusão

Ser agente autônomo de investimentos não é tão simples quanto dizem, ainda mais se você não possui uma rede de contatos robusta pré estabelecida.


Entretanto, como tudo na vida, se você trabalhar bastante, pode construir algo bem interessante com o seu esforço.


O mais importante é você identificar se tem o perfil comercial, ou seja, você fala com facilidade? tem facilidade em puxar papo com as pessoas? Você se mantem minimamente apresentável? Tenha essa interpretação de você mesmo para saber se esse é o seu perfil e a partir daí, seu suor vai te recompensar.


Ajudou? Se sim, segue lá no Instagram e se inscreve no canal do Youtube para ficar atualizado de todas as novidade do Investidor Sem Grife!