• Investidor Sem Grife

As Marcas Mais Valiosas do Brasil

Diferença Entre Valor da Marca e Valor de Mercado

Antes de saber quais as marcas mais valiosas do Brasil, precisamos entender a diferença entre o valor de mercado e o valor da marca. O valor de mercado, é o preço para se comprar a empresa. No caso de companhias listadas na bolsa, se trata do valor resultante da multiplicação entre preço da ação e número de ações.


Basicamente, o valor necessário para comprar todas as ações daquela empresa. Já o valor da marca, vai um pouco além. Ele leva em consideração outros fatores como popularidade, presença, relevância, entre outros. O valor da marca está muito associado ao nome da empresa e a visão que os consumidores têm dela.


A empresa Ambev, por exemplo, é dona de várias marcas como Brahma, Skol e Bohemia. Vale ressaltar que o valor da marca é intangível no balanço da empresa.

Marketing das empresas com marcas mais valiosas do Brasil.

Pesquisa e Metodologia

Para este artigo, estamos usando dados da Interbrand, obtidos através de pesquisa realizada em 2019, com uma metodologia desenvolvida em 1988 juntamente com a London Business School.


A pesquisa foi feita com 1009 pessoas, e avaliou 117 marcas que para entrarem na pesquisam precisam ser de origem brasileira, ter informações financeiras públicas, publicar resultados individuais das marcas e gerar lucro econômico positivo.


A primeira análise feita na pesquisa é a Financeira. O indicador utilizado para essa análise é o lucro econômico, calculado pelo lucro operacional, descontado de impostos e custo de capital.


Depois foi analisado o Papel de Marca. Nessa parte foi medida qual parte escolha do consumidor é atribuída à marca, desconsiderando outros fatores como preço e qualidade do produto.


Por último, foi feita análise de Força de Marca. Essa análise está ligada a lealdade do cliente, e a capacidade da marca em continuar gerando demanda no futuro. Para a avaliação, foram utilizados atributos internos (clareza, governança, comprometimento e capacidade de resposta) e atributos externos (relevância, autenticidade, diferenciação, consistência, presença e engajamento). Mais detalhes de cada um destes atributos podem ser encontrados na pesquisa.


As Marcas Mais Valiosas do Brasil:

1ª - Itaú (R$ 33,541 milhões)

Ocupando a posição de maior banco privado do país, o Itaú também é a marca mais valiosa do Brasil. Com mais de 60 milhões de clientes, 90 mil colaboradores e 95 mil acionistas, o banco busca ajudar as pessoas a terem um relacionamento mais saudável com o dinheiro e se coloca como meio de transformação para fazer a vida das pessoas melhores.

2ª - Bradesco (R$ 24,859 milhões)

O segundo maior banco privado do país também é a segunda posição no ranking de empresas mais valiosas do Brasil. O Bradesco foi fundado na década de 40, e desde então se tornou referência em eficiência no setor bancário, sempre focando em atender bem o cliente com a ajuda da tecnologia. De 2010 pra cá, o Bradesco dobrou o valor da sua marca.


3ª - Skol (R$ 17,206 milhões)

A cerveja mais consumida no Brasil, que pertence a Cervejaria Ambev, chegou ao país em 1967 e ficou conhecida por ser “a cerveja que desce redondo”. Com seus icônicos comerciais relacionados ao verão, carnaval, samba e pagode, a marca conquistou os brasileiros sempre prezando pelo respeito e diversidade. Recentemente, a marca alcançou o público mais jovem com o lançamento da Skol Beats, que teve como garota propaganda a cantora Anitta.


4ª - Brahma (R$ 11,412 milhões)

Idealizada e criada no Brasil, a Brahma é a segunda maior cerveja do país em quantidade consumida. Também pertencente a Cervejaria Ambev, tem sua marca muito ligada ao mundo do futebol, marcando presença no patrocínio de vários clubes e campeonatos, e abastecendo os principais estádios do país. Desde 2010, a empresa já triplicou o valor de sua marca.


5ª – Banco do Brasil (R$ 10,922 milhões)

Um dos bancos públicos brasileiros, fundado no século XIX, possui mais de 5.000 agências e 110.000 funcionários. Por ser um banco público, tem suas ações muito voltadas para ajudar a sociedade, e é utilizado pelo governo para disseminar ações sociais. Apesar disso, é um banco rentável que historicamente melhora seus resultados ano a ano.


6ª – Natura (R$ 8,839 milhões)

Empresa brasileira, que visa trazer saúde e bem estar para a população com sua linha de cosméticos desenvolvidos de maneira sustentável e com matéria prima extraída das mais diversas florestas brasileiras. Começou com o modelo de consultoras que eram revendedoras da marca, e hoje foca em lojas próprias para vender seus produtos. Marca muito reconhecida também fora do Brasil, principalmente na Europa.


7ª – Antarctica (R$ 3,878 milhões)

Mais uma marca da Cervejaria Ambev que marca presença entre as maiores marcas do Brasil. De origem paulista e fundada em 1885, a empresa começou como um abatedouro de suínos. A empresa que também possuía uma fabrica de gelo, se juntou com a pequena cervejaria do alemão Louis Büche. A fusão entre a Antarctica e a Brahma, deu origem a Ambev em 2000, que naquela época já era a maior cervejaria do mundo.


8ª – Petrobras (R$ 3,162 milhões)

Sempre entre as maiores empresas da Bolsa, a Petrobras é uma marca muito conhecida pelos brasileiros, também por ser a maior estatal que o país tem. Recentemente, a marca perdeu mais da metade do seu valor, muito devido aos casos de corrupção que vieram a público nos últimos anos e fizeram com que a população não tivesse mais confiança na empresa. A tendência é que a empresa volte a valorizar sua marca com uma administração mais profissional e menos política.


9ª – Vivo (R$ 2,536 milhões)

A Vivo é na verdade a marca comercial da Telefônica Brasil. Sinônimo de qualidade e bom atendimento, a empresa hoje além de linhas para telefones móveis, também atua e vem ganhando mercado no segmento de banda larga fixa e televisão. A empresa tem mais de 90 milhões de clientes, quase a metade da população brasileira.


10ª – Renner (R$ 1,531 milhões)

A Renner é uma loja que surgiu em 1922, e desde então se mostra como uma marca que tem como foco total atender o cliente da melhor maneira possível. Recentemente, começou a investir em inovação tecnológica, criando uma interação entre seu site e lojas físicas, e um processo de internacionalização, abrindo lojas ao redor da América do Sul. O resultado disso foi a marca ter dobrado seu valor nos últimos 5 anos.

Conclusão

Podemos perceber que na lista temos empresas que são diretamente negociadas na bolsa, ou marcas que pertencem a empresas que são negociadas. O valor da marca é uma vantagem competitiva muito grande e importante de se analisar na hora de realizar um investimento.


Uma marca forte pode dificulta a entrada de concorrentes no mercado, ajudar a empresa a passar por uma situação de crise ou facilitar o lançamento de um novo produto e a expansão da empresa. De qualquer modo, a marca é um dos critérios qualitativos que não podem deixar de ser analisado em uma empresa.


Ajudou? Se sim, segue lá no Instagram e se inscreve no canal do Youtube para ficar atualizado de todas as novidade do Investidor Sem Grife!