• Investidor Sem Grife

Ibovespa: O que é?

Definições Básicas

Para entender o Índice Ibovespa, primeiro precisamos saber de alguns conceitos. Começando pelo conceito de índice que no dicionário é definido primeiramente como uma lista organizada de palavras, temas, assuntos e tópicos presentes geralmente no começo de livros e documentos para que o leitor saiba de maneira fácil onde encontrar o que deseja.


Índice também pode ser definido como um indicador que serve como referência e comparador para explicar determinado fato ou situação. Entretanto, essa não é exatamente a definição que nos interessa aqui mas ajuda na compreensão geral.

Bovepsa X Ibovespa

Antes de entrar no índice em si, vamos entender também a diferença entre Bovespa e Ibovespa. Bovespa é o nome dado a bolsa de valores de São Paulo que fundiu com a Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) para formar a BM&FBovespa, a principal bolsa brasileira (sim, existem outras) e Ibovespa é o índice composto pelas principais ações que são negociadas na bolsa.


Hoje, a Bolsa é a B3 (Bolsa Brasil Balcão). A B3, que por sua vez, é uma empresa privada que foi criada em 2017 após a fusão da CETIP com a BM&F Bovespa.


Mas a Bolsa de Valores no Brasil, rotineiramente ainda é chamada de um forma geral de Bovespa.


Para ficar mais fácil o entendimento, vamos fazer uma analogia. Bovespa é um mercado composto por vários produtos, sendo que cada um tem seu preço. O índice Ibovespa é a soma dos preços dos principais produtos desse mercado.


Então, se na medida que os preços dos principais produtos variam, o Ibovespa também varia, mesmo que a composição dos principais produtos seja a mesma (os principais produtos do mercado, continuaram os mesmos). Na página da Bovespa na internet encontramos também uma definição mais formal: “É o valor atual, em moeda corrente, de uma carteira teórica de ações constituída em 02/01/1968 (valor-base: 100 pontos), a partir de uma aplicação hipotética”.

B3, ilustrando o índice Ibovespa.

O Ibovespa

Dito isso, podemos concluir que o Índice Ibovespa é uma carteira teórica, composta pelas principais ações negociadas na Bolsa de Valores, que serve como um termômetro para sabermos de maneira geral como as empresas da bolsa estão se comportando, e para comparação do desempenho de outras carteiras.


Vamos entrar em detalhes de cada uma destas funções mais a frente.


O próximo passo agora é entender como a carteira teórica é formada. A B3 (BM&FBovespa) define alguns critérios para que as empresas entrem na carteira que é refeita a cada 4 meses. A empresa tem que ter alta liquidez e volume de negociação. Além disso, deve ter tido ao menos uma negociação nos pregões dos últimos 12 meses.


Existem também alguns critérios que automaticamente excluem a ação do índice, como ela ser uma “penny stock” (ação negociada por menos de 1,00 real. A lista das ações que compõe o índice pode ser encontrada nesse site.


Suas funções

Mas afinal, qual a importância do índice? Como já foi dito, por ser composto pelas principais ações negociadas, ele serve como um termômetro de toda a bolsa de valores, e mais que isso, serve também como parâmetro para as expectativas dos investidores a respeito da economia do país como um todo, visto que o mercado costuma precificar o futuro.


Na crise causada pelo coronavírus, o índice despencou antes mesmo de o governo decretar a quarentena e o fechamento do comércio e voltou a subir mesmo quando o número de mortes por dia alcançava seus valores mais altos. Isso tudo porque o mercado precificou o fechamento e a reabertura antes mesmo que os fatos acontecessem.


A outra função do índice é servir de comparação para outras carteiras. Os fundos de investimento em ações que cobram taxa de performance precisam de um benchmark para comparar seu desempenho. O índice usado costuma ser o Ibovespa ou outros similares, de modo que é possível saber se o gestor daquele fundo soube escolher boas ações que performaram melhor que a média do mercado. Essa taxa de performance é sempre uma porcentagem do valor que a carteira do gestor excedeu o desempenho do índice.


Também podemos usar o índice para saber se uma determinada ação subiu mais que a média das principais ações da Bolsa.


Negociação

O índice também é negociado no mercado de algumas formas. A principal, é através de um ETF chamado BOVA11. Um ETF é um fundo de investimentos negociado na bolsa, que pode ser comprado através do home broker. Nesse caso, o BOVA11 é composto pelas ações que participam do Ibovespa, nas mesmas proporções. Muitas vezes, ele é comprado por pessoas que que querem investir em ações mas não tem tempo de analisar as empresas para fazer uma carteira por conta própria, e não querem pagar a taxa de administração mais alta de algum outro fundo (a taxa de administração do BOVA11 é de 0,3% ao ano enquanto outros fundos cobram 2,0% ao ano, mais a taxa de performance).


Outro ETF muito negociado na bolsa brasileira é o IVVB11, que replica o S&P 500 (principal índice da bolsa americana). Ele é comumente comprado por pessoas que querem diversificar seus investimentos com empresas do exterior e atreladas a variação do dólar.

Outra opção para negociar o índice é através de opções futuras. Nesse caso, o investidor “aposta” em qual vai ser o valor do índice em uma data futura, acreditando que ele vai subir ou cair.


Outros índices

Existem outros índices compostos por ações negociadas na B3, alguns parecidos com o Ibovespa, outros nem tantos. Seguem alguns deles:

  • IBrX 50 e IBrX 100: São compostos pelas 50 e 100 ações de maior negociabilidade e representatividade da Bovespa, respectivamente.


  • SMLL: Composto pelas principais Small Caps (empresas com menor valor de mercado) que são negociados na Bovespa. Muitas das ações que compõe o SMLL não atendem aos critérios de liquidez para fazerem parte do Ibovespa devido a baixa capitalização (valor de mercado).

Conclusão

O índice Ibovespa é o principal índice da principal bolsa de valores do Brasil. Dentro desse índice temos as maiores empresas do país, como por exemplo: Vale do Rio Doce, Petrobras, Bradesco, Itaú, Ambev e outras gigantes.


Para o investidor em bolsa de valores, é fundamental compreender o que é e qual a dinâmica do Ibovespa.


Ajudou? Se sim, segue lá no Instagram e se inscreve no canal do Youtube para ficar atualizado de todas as novidade do Investidor Sem Grife!