• Investidor Sem Grife

O Setor de Locação de Carros no Brasil | Estudo Completo

Entendendo o Setor de Aluguel de Carros como um Todo:

O setor de aluguel de carros é um setor com muito crescimento no Brasil. Prova disso é que as 3 empresas do setor listadas na Bolsa estão melhorando resultados constantemente e suas ações têm seguido o mesmo caminho de ascensão. Primeiramente, é necessário ter um panorama geral do setor e depois das empresas.

O Setor de Locação de Carros:

O Setor de Rent a Car (RAC) é considerado por muitos analistas um dos setores com maior potencial de crescimento. Hoje, segundo dados obtidos pela Movida, apenas 3,5% da população brasileira já alugou carro.

Gráfico sobre o crescimento do PIB para compararmos com o crescimento do Setor de Aluguel de Carros no Brasil.
Fonte: IBGE

Em relação ao crescimento, vale lembrar que durante uma das épocas mais difíceis economicamente (crescimento do PIB no Brasil ao lado), de 2013 a 2018, o mercado de aluguel de carros subiu 22% segundo a corretora do Santander.

Nesse mesmo período, de 2014 a 2018, a fim de sanar essa demanda crescente por aluguel de carros, a frota das 3 maiores do segmento (Localiza, Locamerica e Movida) aumentou em 180 mil carro.

Gráfico de Evolução da Frota das Locadora de Carros no Brasil. O intuito é compreender o setor de aluguel de carros no Brasil.
Fonte: ABLA

Se utilizarmos de base comparativa os 10 anos anteriores a 2018, a frota de locadoras cresceu159,9% segundo a Associação Brasileira de Locadores de Automóveis (ABLA). Toda a frota das mais de 13 mil locadoras espalhadas pelo Brasil era no final de 2018 de 826 mil veículos.


Segundo estimativas da corretora Planner, as 3 maiores locadoras de carro do Brasil, dominam cerca de 36% do faturamento do mercado de RAC. Nos Estados Unidos, as 3 maiores (Hertz, Enterprise e Avis) detêm 90% do faturamento no país.


Assim, pode-se afirmar que o setor de aluguel de carros no Brasil está em pleno crescimento e é muito pulverizado. O que dá a possibilidade das empresas líderes de mercado crescerem mais que o segmento.


Além disso, estima-se que existem cerca de 800.000 mil motoristas de aplicativos de mobilidade urbana como por exemplo Uber, 99 e Cabify. Entretanto, apenas 6% destes possuem carro alugado por locadoras.

Gráfico da evolução da taxa de juros básica da economia (Selic). O objetivo é compreender o impacto dos juros no setor de aluguel de carros no Brasil.
Fonte: BACEN

Vale ainda citar a queda de Juros (imagem ao lado) no país como algo primordial para essas companhias.


Sabe-se que a queda de juros tem impacto direto em todos os negócios ao redor do país. Entretanto, para o setor de aluguel de carros, essa queda é ainda mais importante uma vez que esse modelo de negócio necessita de capital intensivo.


Veja no fluxo a seguir como é o fluxo do core business de uma locadora de veículos.


Como uma empresa no setor de aluguel de carros ganha dinheiro?

Sendo assim, a empresa deve angariar capital para adquirir novos veículos. Posteriormente a isso, ela executa a operação de aluguel de carros e utiliza seu setor de Seminovos para vender os carros. Então vamos lá, quais são as principais vantagens que uma empresa de locação de carros pode ter perante as demais?


1- Conseguir capital pelo menor custo possível.

2- Comprar carros pelo menor preço possível.

3- Vender os carros utilizados na operação pelo melhor preço possível.


Se observarmos, de forma prática, vence a competição quem obtiver a melhor combinação desses fatores.


Exemplo: se a locadora de veículos Sem Grife, consegue capital a custo de X% e compra carros com esse capital. Esses carros dão um retorno de Y% na operação de aluguel e a empresa ainda consegue vender os carros pelo mesmo preço que comprou. Assim, se Y for maior que X, a empresa estará utilizando o capital de forma produtiva. Essa diferença de X e Y é chamado de spread e é daí que a empresa tira recursos para pagar todos os custos e despesas. Para que a companhia chegue no break even (prejuízo e lucro zerados), esse spread deve ser positivo. Quanto maior esse spread, maior a probabilidade que a empresa dê lucro.


Sendo assim, uma das métricas mais importantes na hora de analisar empresas desse segmento é a comparação do Retorno do Capital Investido (ROIC) pelo custo da dívida.


Localiza

A Localiza é uma empresa fundada em 1973 em Belo Horizonte. O processo de internacionalização da Localiza começou a acontecer em 1992, logo após esse movimento, a empresa começou a oferecer também a GTF (Gestão Terceirizada de Frota), sendo pioneira nesse segmento no Brasil. Em 2005, a companhia se torna a primeira do segmento a ser listada na Bolsa de Valores de São Paulo. Em 2017, a Localiza, por meio de Fato Relevante, oficializa a compra da operação da Hertz no Brasil, tornando-se, indiscutivelmente, a maior empresa de Aluguel de Carros no país. Nos anos posteriores, a aquisição, se mostrou bastante produtiva com grandes ganhos oriundos da sinergia.


A Localiza conta com uma frota de aproximadamente 300.000 carros levando em conta toda sua operação. Além disso possui 598 agências espalhadas pelos 6 países em que opera na América do Sul.


Unidas

A Locamerica também começou em Minas Gerais mais especificamente em 1993 com uma modesta frota de 16 carros. Posteriormente, no início dos anos 2000, a empresa começa sua expansão por meio de aquisições. Já em 2008, a empresa é impulsionada por um aporte de um fundo de Private Equity do Banco Votorantim. Como de costume, após receber um aporte de um grande fundo de PV, a abertura de capital foi o caminho natural para a Locamerica, que acabou realizando seu IPO em 2012. Em 2018, a empresa se fundiu com a Unidas.


A Unidas possui hoje 313 pontos de atendimento sendo 208 de RAC (aluguel) e 105 de Seminovos. Vale ressaltar que a Locamerica também trabalha com o modelo de franquias que é responsável por aproximadamente 37% das lojas de RAC.


Movida

A Movida é uma empresa fundada em 2006 em São Paulo. A JSL, maior empresa de logística inbound do setor de automotivos, adquiriu as operações da Movida em 2013. Depois de liderar a expansão da nova marca do grupo, a JSL optou pela abertura de capital em 2017, desde então as ações da companhia já subiram mais de 100%. No final do 3° Trimestre de 2019, a empresa contava com uma frota de 110.203 carros se somados o segmento RAC (Aluguel de Carros) e GTF ( Gestão e Terceirização de Frotas). Além disso a compnhia encerrou o 3° Trimestre de 2019 com 254 lojas sendo 188 de RAC e 66 de Seminovos.


Fundamentos Micro.


ROIC vs Custo da Dívida

Apesar do Retorno sobre capital investido da Localiza ter caído de 2014 a 2018, o custo da dívida caiu mais fazendo com que o spread aumentasse. Das três grandes, a Localiza é a que tem o maior spread de longe. Isso ocorre justamente devido ao seu tamanho que faz com que ela consiga comprar carros com mais descontos (quantidade maior), e ainda vender os carros usados obtendo menos prejuízo ou até mesmo tendo lucro. Fora isso, por ser uma gigante, os credores têm mais confiança no pagamento sendo possível negociar melhor suas dívidas.

Gráfico do ROIC vs Custo da Dívida da empresa LOCALIZA
Fonte: RI Localiza
Gráfico do ROIC vs Custo da Dívida da empresa LOCAMERICA/UNIDAS
Fonte: RI Locamerica

A Locamerica também tem aumentado consistentemente o seu spread, reflexo de uma melhora operacional, especialmente nos seminovos, setor no qual é muito forte. Seguindo a linha das concorrentes, o custo da dívida após impostos também caiu, em linha com a queda de juros da economia.


Gráfico do ROIC vs Custo da Dívida da empresa MOVIDA
Fonte: RI Movida

A Movida vem em um processo de crescimento na rentabilidade do capital investido desde sua abertura de capital. Isso, aliado a uma queda de juros na economia possibilitou com que o spread também aumentasse consideravelmente no período.


Obs: por ser uma empresa que abriu capital mais recentemente que seus pares, ela divulga o spread trimestralmente e não anualmente. Para ficar mais criterioso, resolvi seguir a mesma ideia nos gráficos.


Indicador Preço/Lucro

Esse é um indicador de lucro que mede quantos anos você levaria para reaver o capital investido a partir dos lucros. Saindo dessa parte teórica, o indicador mostra a quantas vezes a empresa negocia perante seus lucros. Obviamente, quanto menor for esse indicador mais a empresa tende a ser considerada "barata". Entretanto vale ressaltar que nunca deve-se analisar um indicador separado e sim dentro de um contexto.

 Gráfico do indicador Preço/Lucro das empresas do setor de aluguel de carros no Brasil
Fonte: ISG

No setor, a empresa que negocia menos "esticada" perante lucros é a Movida e a mais é a Localiza. Obviamente que é normal que exista um acréscimo no preço de empresas líderes de segmento. Por sua relevância e segurança os investidores acabam pagando mais por elas, fazendo com que o preço fique mais alto em relação aos lucros.



 Gráfico do indicador Margem Líquida das empresas do setor de aluguel de carros no Brasil
Fonte: ISG

Margem Líquida

Esse indicador mede quantos porcento da receita a empresa conseguiu transformar em lucro.


Assim, quanto maior, é melhor pois mostra a capacidade da empresa de transformar receita em lucro, que no final é o que mais importa.


As margens em geral são indicadores muito utilizados pelo mercado pois dizem muito sobre a companhia, especialmente sobre sua eficiência.


VPA

O Valor Patrimonial por Ação é um indicador que avalia a empresa patrimonialmente. É o valor teórico que a ação deveria negociar caso valesse apenas o patrimônio dela. Desconsiderando todo o resto, como por exemplo marca, operação e dívidas.

 Gráfico do indicador Valor Patrimonial por ação das empresas do setor de aluguel de carros no Brasil
Fonte: ISG

Uma dúvida normal é: então Movida está com mais Patrimônio que Localiza?

Obviamente que não. Esse indicador pega o patrimônio total e divide pelo número total de ações. Dessa forma, o VPA só pode ser comparado com a cotação atual do papel e não com outros "VPA`s".





Obs: esse texto não tem como objetivo recomendação de compra de nenhum ativo. A ideia do texto é apenas servir como conteúdo educacional.


Ajudou? Se sim segue la no Instagram para ficar atualizado de todas as novidade do Investidor Sem Grife!