• Investidor Sem Grife

Warren Buffett: A Biografia Completa do Maior Investidor da História

A historia de vida de Warren Buffett é fenomenal, e desde o princípio de sua vida, ele já dava indícios que seria um grande empreendedor/investidor. Então, vamos para a história completa de sua vida:

Nascimento e Família de Warren Buffett

Warren Buffett nasceu em agosto de 1930 com 2,72kg, em Omaha, no meio dos estados unidos ali, no estado do Nebraska. Filho de Leila e Howard, obrigado Leila e Howard.

Howard era um cara notadamente bastante inteligente, que não quis dar sequência nos negócios familiares e aspirava uma carreira como jornalista. Acabou indo para o ramo financeiro e depois político. A mãe era notadamente uma pessoa boa com números e muito imprevisível no seu comportamento, as vezes ficava brava devido a fortes dores de cabeça e conheceu Howard durante uma entrevista de emprego na empresa em que Howard trabalhava.


Infância

Em 1936 Quando tinha 5 anos, isso, 5 anos, ele montou uma lojinha para vender balas em frente a sua casa.

Depois disso, montou em frente a casa de Bob Russell seu amigo que levava o nome de um cantor famoso da época, onde o fluxo de pessoas era maior, uma barraquinha para vender limonada.

Enquanto os outros garotos estavam brincando, ele fazia algumas coisas quando criança que já davam dicas do que ele seria: ele, juntamente com seu amigo Bob Russell ficava decorando placas de carros que passavam na rua e decorando o a pulação de cidades americanas numa espécie de brincadeira.

Em 1939, quando tinha 9, ele e Russell recolhiam todas a tampinhas das máquinas de refrigerante para descobrirem qual refrigerante era mais vendido, e assim, entender como poderiam ganhar dinheiro com aquilo. Foi uma espécie de pesquisa de mercado pois ele revendia fardos de refrigerante e sabendo o mais vendido, ele conseguiria maximizar seu retorno e otimizar seus recursos.

Nessa mesma época ele já tinha um livro predileto que era o “One Thousand Ways to Make 1000 Dollars” ou Mil Maneiras de Fazer Mil Dólares.

A compra de sua primeira ação

Em 1941, aos 11 anos, ele comprou a sua primeira ação, muito incentivado por seu querido papai Howard. Na época ele comprou ações da Cities Service para ele e para a irmã. Posteriormente, a irmã dele disse “eu sabia que ele sabia o que ele estava fazendo, o menino vivia estudando números”.

Lições de seu primeiro investimento em ações

Deu até certo e mesmo após amargar uma perda de 40%, ele, manteve as ações em sua carteira e saiu da posição com um ganho de aproximadamente 5%.


Mas poderia ter dado muito mais certo pois, depois de vender sua participação, ele viu as ações subiram mais de 400%. Então, aí, ele já começou a criar uma visão de mais longo prazo e que não seria os 5% que o deixaria rico e sim acertando as de 400% , a longo prazo.

Fato interessante é que nesse mesmo ano, o pai dele o levaria para aprender o funcionamento de uma fazenda. Posteriormente, ele utilizou esses conhecimentos e comprou uma própria fazenda.


Então, os 11 anos foram de muita aprendizagem para Buffett.

Warren Buffett caricatura.

Adolescência

Em sua adolescência Buffett morou em Omaha, cidade em que nascera mas também morou em Washignton por um tempo já que seu pai havia virado politico e havia conseguido um cargo de "Deputado Federal".


Buffett sempre foi mais focado em coisas digamos, de Warren Buffett, ou seja, ganhar dinheiro. Nunca foi conhecido por ser muito popular com as garotas e era um cara digamos mais nerd que popular.


Você com certeza já ouviu que Buffett entregava jornais, e isso lhe rendeu, aproximadamente 5 mil dólares até ele ir para a faculdade, algo que se a gente corrigir pela inflação hoje, seria mais de 60 mil dólares. E uma vez perguntado o porquê dessa fixação em fazer tanto dinheiro, ele disse: “não é que eu quero dinheiro, é a graça de ver esse dinheiro multiplicando,”


Universidades

Em 1947, ele se formou na escola e foi fazer faculdade em Wharton, umas das faculdades mais conceituadas dos Estados Unidos.


Entretanto, não deu muito certo pois segundo ele, não estava aprendendo nada com seus professores e chegou a tentar entrar em Havard Business School, (lugar que posteriormente deu algumas palestras) não conseguiu passar pelo processo seletivo e acabou se transferindo para Columbia. Onde conheceu Benjamin Graham, que foi seu maior mentor no mundo dos investimentos e até para a vida. Foi Graham que lhe ensinou a essência do value investing:

Para definir o value investing: “Como investidor, Buffett sempre evitou o uso de alavancagem, opções complexas, teorias de portfólio e várias outras coisas ligadas a ideias acadêmicas. Buffett arriscava seu capital no crescimento de longo prazo de alguns negócios, nesse sentido ele é muito diferente da nova geração de gestores e se assemelha muito mais aos magnatas de outras épocas como por exemplo J.P Morgan.” - Frase do livro "Buffett The Making of an American Capitalist".


Buffett acabou se tornando o primeiro aluno da história a tirar um A+ nas aulas de Graham e já começou a ficar mais próximo de seu professor e descobriu que Graham comandava uma empresa de seguros chamada GEICO, e foi a partir desse momento, que ele começou a comprar ações dessa companhia e essas ações chegaram a ser 67% da sua carteira. Posteriormente, via Berkshire que falaremos mais a frente, ele acabou comprando a GEICO inteira e focando nesse segmento de seguros durante toda sua vida.


Buffett formou mas não quis ir trabalhar em Wall Street. Ele queria trabalhar para seu mestre, Benjamim Graham em sua firma a Graham-Newman, e chegou a oferecer seu trabalho de graça.


Warren Buffett, então, voltou para Omaha para trabalhar na firma de investimento de seu pai por um pequeno tempo.

História de vida de Warren Buffett.

Casamento

Então, nosso oráculo (apelido carinhoso dado a Buffett pelo mercado) voltou para casa para trabalhar com seu pai que havia voltado para o ramo de investimentos. Graças a essa volta, ele conheceu sua futura esposa e a mulher que seria a mulher da sua vida: Susie Thompson.


Em 1952, se casou pela primeira vez. Com Susie, que era uma mulher que não era muito fã dos negócios, nem ligava muito para dinheiro, tinha uma posição politica diferente da de Buffett. Mas apesar das diferenças, acabou sendo o maior amor da vida de Buffett.

Emprego em Nova York

Após o casamento, Buffett recebeu um convite de Graham, que havia o rejeitado após terminar a faculdade para trabalhar em sua firma de investimentos como analista. Susie e ele foram a Nova York devido ao novo emprego.


Warren Buffett logo se destacou no emprego, sabia de cor todos os indicadores de empresas listadas de cabeça e surpreendia até seus colegas de trabalho. Inclusive, ele se aproximou cada vez mais de seu chefe Graham.


No período de 1950 a 1956 ele multiplicou seu patrimônio por 14. Mas ele estava tendo alguns problemas causados pela diferença de visão com seu mentor Benjamin Graham pois seu chefe havia vivido intensamente e como investidor, a crise de 1929 e por isso, era muito pragmático em suas escolhas, não acreditava em executivos, não incentivava visitas a empresas e acreditava apenas em números. Buffett tinha uma visão diferente e gostaria de seguir seus próprios passos e tomando suas próprias decisões. Então, ele pediu demissão mas isso não chegou nem perto de atrapalhar a amizade deles e continuou muito amigo de Graham até o final da vida de seu mentor.


Foi quando ele voltou para OMAHA, dessa vez para ficar, e decidiu no dia 1 de maio de 1956 abrir a Buffett Associates que viraria Berkshire Hathaway, que na verdade, era uma das empresas dentro da holding Buffett Associates e acabou virando a nova Holding.

A volta a Omaha

No período de 1950 a 1956 ele multiplicou seu patrimônio por 14. Mas ele estava tendo alguns problemas causados pela diferença de visão com seu mentor Benjamin Graham pois seu chefe havia vivido intensamente e como investidor, a crise de 1929 e por isso, era muito pragmático em suas escolhas, não acreditava em executivos, não incentivava visitas a empresas e acreditava apenas em números. Buffett tinha uma visão diferente e gostaria de seguir seus próprios passos e tomando suas próprias decisões. Então, ele pediu demissão mas isso não chegou nem perto de atrapalhar a amizade deles e continuou muito amigo de Graham até o final da vida de seu mentor.

Foi quando ele voltou para Omaha, dessa vez para ficar, e decidiu no dia 1 de maio de 1956 abrir a Buffett Associates que viraria Berkshire Hathaway, que na verdade, era uma das empresas dentro da holding Buffett Associates e acabou virando a nova Holding.


Omaha era realmente a cidade dele, a seguinte frase sobre paris define bem isso “não tenho muito interesse em passeios turísticos, fora que a comida em Omaha é muito melhor”.


Em 1958 ele comprou sua primeira casa na qual vive até hoje.

Em 1959, quando Buffett já tinha mais de 1 milhão de dólares, aconteceu uma das melhores coisas da vida de sua vida, pessoa e profissional, Charlie Munger, se mudou para perto de Buffett e logo eles se conheceram e se tornaram amigos e sócios, o que são até hoje.


A Buffett Associates e Berkshire Hathaway

Em 1966, com 10 anos desde sua criação, a holding do Buffett tinha apresentado um retorno de mais de 1.100%. E Buffett já tinha quase de 7 milhões de dólares.

Buffett então decidiu fechar sua firma e redistribuir ações apenas da Berkshire Hathaway e de uma outra que não vem ao caso para seus antigos sócios. Após conseguir comprar metade da companhia, Buffett tirou o CEO da empresa da qual não gostava muito e colocou um homem de sua confiança no lugar. Em 1967, Buffett comprou o restante da empresa Berkshire Hathaway. Já em 1970 se declarou Presidente da companhia algo que ele é até hoje.

A empresa então já não era mais uma empresa de produção têxtil, e sim uma holding principalmente do ramo de seguros e Buffett começavam a colher os frutos da sua nova holding, de 1965 a 1975 as ações subiram mais de 400%.


A Separação

Em 1977, Susie optou por deixar Warren e mesmo mantendo uma profunda amizade com seu ex marido, ela se mudou de Omaha. Buffett e Susie tiveram 3 filhos: Susie, nome da mãe, Howard Graham em homenagem ao pai e a seu professor e amigo, Benjamin Graham e o Peter.

Mas Buffett logo conheceu Astrid, sua futura esposa, em um encontro marcado pela ex mulher, Susie que realmente entendia o tanto que seria difícil para Buffett ficar sozinho e foi atrás de algumas mulheres e amigas de Omaha para que elas pudessem, namorar e cuidar dele. Conseguiu e Buffett está com Astrid até hoje.


O Escândalo do Solomon Brothers

Buffett continuou trilhando seu caminho vitorioso até que algo lhe surpreendeu em 1987 quando o oráculo se envolveu em uma grande polêmica: o investimento em Solomon Brothers. Ele sempre questionou os bancos de investimentos inclusive em uma célebre frase: “o meu apreço para um banco de investimento que me aconselha a fechar um negócio é o mesmo quando eu pergunto para um cabeleireiro se eu devo cortar o cabelo.”. Mas lá estava ele comprando 12% de um desses bancos.

Em 1990, três anos após o investimento, descobriram que o banco utilizou práticas ilegais ao comprar títulos americanos em nomes de clientes que nem sabiam dessas compras. O intuito era manipular o mercado.

Buffett acabou sendo muito criticado a época devido a sua participação na empresa mas interviu em seus investimentos e virou presidente interino do banco. O intuito era mudar a imagem da empresa, o que ele acabou conseguindo, inclusive, evitando um colapso muito maior do sistema financeiro americano.

O Investimento em Coca Cola

Em 1988, Buffett começou uma das maiores e mais conhecidas sagas de sua vida. A compra de ações da Coca Cola. Um de seus investimentos mais bem-sucedidos, mais dobrou o valor da Berkshire em 3 anos e em 1996, ele já possuía 15 bilhões de dólares.


O Baque

Em 2004, um fato muito difícil aconteceu na vida de Buffett, sua ex esposa, mas ainda muito companheira, faleceu devido a um derrame enquanto eles estavam em uma viagem. Pegando a todos de surpresa, a morte de Susie foi um baque muito grande para a família já que ela tinha sobrevivido a um duríssimo câncer de boca poucos anos antes.


Esse acontecimento fez com que Warren realmente refletisse sobre a vida e tomasse algumas decisões em sua vida.


A Filantropia

Uma dessas mudanças foi realmente compreender que o dinheiro deve ter um fim maior que é ajudar o próximo.Essa sempre foi a mentalidade de sua ex-esposa. Em 2006, ele anunciou uma doação de grande parte de seu patrimônio total (24,3 bilhões) que era o objetivo de Susie, sempre ajudar o próximo. Ele fez a maior doação da história. Para fundação de Melinda Gates e Bill Gates e para a fundação de seus filhos.


Em 2017, ele anunciou mais 3,6 bilhões de dólares para a fundação de Melinda e Bill Gates. O seu objetivo é doar 99% de sua fortuna de forma progressiva.


Câncer

Em 2012 ele veio a público com a notícia que estava com câncer. Felizmente, foi detectado na fase 1 e ele conseguiu se recuperar bem.


Apple

Em meados de 2016, a Berkshire anunciou um grande investimento em Apple. Buffett nunca foi um fã de empresas do setor de tecnologia e fez seu primeiro grande aporte em uma empresa claramente ligada a esse setor. Ele também já havia investido na IBM em 2011 mas acabou vendendo sua participação após a empresa não entregar os resultados esperados.


Posteriormente ele inclusive falou em uma entrevista que "Eu estou mais confiante com o futuro de Apple do que eu estava quando investi na IBM".


O investimento na gigante de cupertino vem se mostrando um investimento muito acertado e as ações da empresa apresentaram excelentes retornos desde seu primeiro aporte.


Conclusão

Buffett hoje, é um dos homens mais ricos do mundo com uma fortuna estimada em mais de 80 bilhões de dólares e a Berkshire é hoje a 12ª empresa com maior receita do mundo.


Warren Buffett por si só é a prova viva de que os juros compostos fazem coisas incríveis. Ele talvez tenha sido a pessoa que mais acumulou por mais tempo, ou talvez a pessoa com maior capacidade intelectual que acumulou por mais tempo.


Trabalhe sempre com perseverança, seja prudente, humilde, menos vaidoso mais prático e assertivo, que o futuro pode até não te reservar um caminho como do oráculo de Omaha mas tenho certeza que vai ser muito positivo.

Ajudou? Se sim, segue lá no Instagram e se inscreve no canal do Youtube para ficar atualizado de todas as novidade do Investidor Sem Grife!